Burnout ou Síndrome de Desgaste profissional


Texto por:

Maria Dayana Jurado Andia

www.psiquiatriaweb.com/burnout/burnout-ou-sindrome-de-desgaste-profissional.html


 

Uma doença da sociedade moderna?

Na atualidade o avanço da sociedade moderna tem trazido consigo muitos benefícios para a humanidade. Porém ao mesmo tempo o mundo laboral tem sofrido uma transformação onde o papel do trabalhador passou de ser executor de tarefas para trabalhador que almeja empregos onde se permita tomar decisões. Por esse motivo trabalhadores precisam empregos onde possam se explorar qualidades tanto em conhecimento quanto em desenvolvimento profissional. Mas o que acontece quando as coisas não seguem o caminho que se espera?

O que significa Burnout?

O termo Burnout tem como origem a língua inglesa e o significado quer dizer literalmente ¨estar queimado¨. O psiquiatra Herbert Freudenberger no ano 1974 descreveu o Burnout como uma patologia psiquiátrica que experimentam alguns trabalhadores que desempenham-se trabalhando a serviço de outras pessoas (trabalhadores publicos, médicos, psicólogos, enfermeiros). Ele observou que trabalhadores nesses empregos sofriam uma perda progressiva de energia até chegar a um esgotamento físico, mental e motivacional como resultado de longos períodos de estrese e/ou frustação.

Quais são os sinais do Burnout?

  • Cansaço;
  • Irritabilidade constante;
  • Desmotivação;
  • Atitudes negativas como brigas com colegas de emprego;
  • Baixa autoestima (a pessoa pode se sentir incapaz ou inútil).

O que o Burnout pode desencadear?

  • Insônia;
  • Depressão;
  • Ansiedade;
  • Abuso de álcool ou drogas;
  • Problemas gastrointestinais;
  • Alterações no apetite sexual;
  • Risco aumentado para desenvolver obesidade.

Se você tem algum dos seguintes:

  • Falta de controle ou impossibilidade de tomar decisões no emprego o que gera frustração
  • Falta de clareza nas expectativas do emprego (o que se espera de mim)
  • Dinâmicas disfuncionais no trabalho (brigas constantes com colegas de trabalho)
  • Falta de equilíbrio entre a vida laboral e familiar e/ou social
  • Falta de apoio social
  • Alta responsabilidade sem ter um grau de recompensa adequado
  • Longas jornadas laborais
  • Trabalhos muito monótonos

 

Cuidado, você pode estar se encaixando num quadro de Burnout sem sabê-lo

Mostrando 3 comentários
  • Sueli Caramello Uliano
    Responder

    Estudantes que, depois de fracassar em exames vestibulares muito concorridos, entram em uma fase de desinteresse pelos estudos, podem ser incluídos num quadro de Burnout?

    • Carlos Alberto Molina Jaro
      Responder

      É possível sim. Principalmente no processo de preparacao para os exames.
      Posteriormente, é mais provável que os estudantes que nao consiguiram aprovar sofram de sintomas depressivos ou mesmo depressao.

    • Carlos Alberto Molina Jaro
      Responder

      Podem. Mas também pode ser um trastorno depressivo.

Deixe um Comentário

Entre em contato com a PsiquiatriaWeb.

Escreva aqui sua mensagem.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Call Now Button
Enviar mensagem
Oi, gostaria de obter informações sobre a consulta.
Powered by