Nas grandes metrópoles do mundo, 1 em 6 pessoas vai ter depressão ao menos uma vez na vida. Sentir-se triste e desanimado são alguns sintomas da depressão, mas além desses há também muitos outros, que pioram bastante a qualidade de vida, como os sintomas físicos da depressão. São sintomas físicos comuns na depressão:

  • Problemas no sono
  • Alterações do apetite, gerando ganho ou perda de peso
  • Sensação de cansaço e dores no corpo

Além disso, a pessoa pode estar com a autoestima diminuída, com a vida social prejudicada, ter esquecimentos e falta de concentração. É frequente que os pacientes tenham sintomas ansiosos associados, aumentando o sofrimento e os prejuízos. A boa notícia é que há tratamento eficaz disponível! De fato, muitas pessoas podem ficar curadas da depressão ou ter grande melhora dos sintomas com o tratamento.

O tratamento da depressão normalmente requer uso de medicação. O uso de antidepressivo não tem potencial de causar dependência: as medicações não deixam a pessoa “feliz” e as pessoas que melhoram com o tratamento não vivem “à base de remédios”. A medicação tem uma atuação gradual, demorando 1 a 2 semanas para fazer seus primeiros efeitos na depressão e cerca de 5 semanas para fazer o seu efeito pleno. A ação é de equilíbrio de substâncias do cérebro, incluindo a serotonina.

A maioria dos antidepressivos não costuma dar nenhuma sonolência ou deixar a pessoa “dopada”. Pelo contrário, a recomendação mais comum é que se use o medicamento pela manhã. Devido ao baixo perfil de efeitos colaterais, os pacientes geralmente consideram os antidepressivos medicações “leves”. Antidepressivos são usados por vezes para diminuir dores articulares e mesmo tensão pré-menstrual, dada a sua segurança.

Além da medicação tratamento também inclui mudança de estilo de vida e intervenções psicoterapêuticas.


Dr Rafael de Sousa – Psiquiatra
CRM: 120.336 – RQE: 68.640 

  • Médico formado pela USP.

  • Doutorado em Transtornos de Humor pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. 

  • Pós-doutorado no National Institutes of Health, Bethesda, MD, EUA. 

  • Membro da Associação Brasileira de Psiquiatria. 

  • Tem 30 artigos científicos publicados em revistas internacionais, com 332 citações e com fator h=8

Dr. Rafael de Sousa
Psiquiatra

Endereço: Rua Teodoro Sampaio, 352, cj85, Pinheiros, São Paulo – SP

Telefone: (11) 3082-8840
Whatsapp: 
(11) 9-8789-0058

Preencha o formulário abaixo e entre em contato com o consultório do Dr. Rafael de Sousa:

Entre em contato com a PsiquiatriaWeb.

Escreva aqui sua mensagem.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar